6 dicas para proteger seu PC de hackers criminosos

Por Geovanne Segunda-feira, 15 de Maio de 2017

Você provavelmente deve ter visto nas redes sociais ou na televisão que na última sexta-feira (12) diversos países, incluindo o Brasil, sofreram um ciberataque que acabou afetando computadores com sistema operacional Windows de muitas empresas, órgãos públicos, entidades, organizações e usuários comuns. Com isso, muitas pessoas começaram a se perguntar como se proteger desse tipo de crime.

O ataque que foi de um nível sem precedentes, usou o vírus WanaCrypt0r 2.0 ou WannaCry do tipo "ransonware" que explora uma falha nos sistemas Windows da Microsoft. O vírus (conhecido como malware) promoveu um sequestro de dados e depois disso passou a cobrar um resgate para liberar o sistema e “devolver” o computador ao dono.

O sequestro funciona da seguinte forma: uma pessoa recebe um e-mail (que parece confiável, pode ser até de uma pessoa conhecida), abre e clica no anexo. Ao clicar no anexo o computador era imediatamente infectado, assim como todos os que estão ligados em rede com ele, depois disso, o vírus criptografava os arquivos do disco rígido e em seguida aparecia na tela a seguinte mensagem: "Ooops, os seus arquivos importantes estão codificados”.

A tal falha no sistema Windows, foi exposta em documentos vazados da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) e há mais de um mês a Microsoft havia criado um "patch" (programa que conserta o problema) para resolver o questão. Entretanto muitos usuários não haviam instalado o programa deixando assim o computador com uma janela aberta para os crackers, que são pessoas que utilizam suas habilidades com informática para quebrar códigos de segurança, senhas de acesso a redes e códigos de programas com fins criminosos.

Até o momento já se sabe quem desenvolveu a tecnologia para o ataque: o próprio governo americano, através da NSA. Além disso, estima-se que os crackers tenham arrecadado cerca de R$ 1 bi de dólares, com o resgate custando 300 dólares em bitcoins (moeda digital) para liberá-los, mas segundo uma análise do pesquisador Brian Krebs, o ataque não se mostrou tão lucrativo assim. Ele estima que até o momento os criminosos só tenham arrecadado um valor em torno dos US$ 26 mil (R$ 81 mil).

Toda essa história que lembra muito o filme O Exterminador do Futuro e a série Mr. Robot se tornou o assunto mais comentado dos últimos dias e acabou gerando uma pergunta: “Como podemos nos defender disso”?

Bom, para responder essa questão elaboramos seis dicas que vai te ajudar (e muito!) a se defender desse tipo de ataque.

1. Atualize seu software

Como você já sabe, quem sofreu o ataque foi quem estava com o Windows desatualizado, logo, quem ainda tinha a falha de fábrica do sistema operacional. A Microsoft havia disponibilizado um "patch" em março para resolver a questão, o problema é essa atualização não é feita automaticamente. Então, fique de olho em sua máquina e a mantenha sempre atualizada.

2 . Use mídia de armazenamento

A dica é simples, mas útil. Use uma mídia de armazenamento, como HD, pendrives, cartões de memória, por exemplo, para guardar seus arquivos importantes, assim se você for afetado por um vírus, enquanto a questão é resolvida, você não terá acesso e poderá usar esses arquivos em outro computador.

3 . Fique atento a e-mails suspeitos

Você provavelmente já deve ter recebido alguns e-mails de pessoas ou empresas desconhecidas e teve a curiosidade de abri-los para ver do que se tratava, não é mesmo? Fique atento a esse tipo de situação. Não abra links, e-mails, anexos suspeitos, esse tipo de ação pode levar o seu computador a ser infectado.

4. Pirataria

Cuidado com o que você vai colocar no seu computador! Um pendrive que você achou na rua, um CD pirata e até baixar uma arquivo da internet, isso tudo pode levar ao seu PC um belo de um vírus, por isso tome cuidado.

5 . Senhas

Se você costuma acessar sua conta do banco no computador, essa dica é primordial! Sempre que puder, altere suas senhas de acesso a emails, redes sociais e claro, bancos. Ah, é bom pontuar: não use a mesma senha para tudo. Faça senhas diferentes, tente não usar palavras óbvias e tente usar palavras e números.

6.  Antivírus

Essa dica é velha, mas é uma das melhores. Ter uma máquina e não ter uma boa defesa é surreal no mundo de hoje, por isso, invista em bons antivirus, como: Avast Free Antivírus, AVG Antivirus, Avira Free Antivirus, Microsoft Security Essentials, Panda Cloud Antivirus, PSafe Total Windows, entre outros.

 

 

Texto: Mariana Duarte

Comentários