Saiba como desinstalar aplicativos que estão em Modo Administrador no Android

Por Ismaellx Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

Quem nunca teve problemas com aqueles aplicativos chatos e que parecem querer copiar o famoso Baidu na dificuldade de desinstalar? A gente tenta, procura, e quando pensa que conseguiu descobre que todo o esforço não valeu de nada.

Esses aplicativos geralmente já vêm instalados no nosso smartphone, já outro nós mesmo que acabamos por instalar para testar e descobrir o que ele é capaz de realizar, ou apenas para uma utilização normal. Mas quando queremos nos livrar dele descobrimos que é uma missão um tanto que complicada.

Caso o seu smartphone seja custeado por uma operadora o número de aplicativos que lhe serão totalmente inúteis é ainda maior. E quanto maior o número de aplicativos inúteis, maior será também a dificuldade para desinstalar os mesmos.

Diferentemente de quando baixamos por conta própria, nesse caso os aplicativos já vem no celular, podendo ser que alguns necessitem até de métodos mais invasivos para serem desinstalados.

O pior é que muitas vezes estamos com nossa memória do smartphone super lotada e não queremos simplesmente excluir nossas músicas, dados, ou até mesmo as fotos, nas quais guardam momentos únicos e memoráveis, achando mais prático e lógico excluir os aplicativos que não utilizamos. Mas como alguns apenas não conseguimos desinstalar, fica complicado – além de estressante.

Esse tipo de aplicação geralmente está como “administradora do dispositivo”. Isso significa que eles têm realmente certo controle sob o nosso sistema, sendo privilegiados. O único modo de desinstalar esse tipo de aplicativo é revogando os seus direitos.

Outro caso parecido é quando os aplicativos já vem “de fábrica”, ou seja, é ainda pior do que o aplicativo que está como “administrador do dispositivo”.

Métodos para desinstalação de aplicações administradoras

Existem vários métodos para desinstalar essas aplicações chatas. Algumas pessoas gostam de desinstalar esses aplicativos por meio do root e outras apenas tentam revogar os direitos do aplicativo, e por aí vai, depende do gosto e preferência de cada um.

Desinstalar esses aplicativos por meio do root não é um método muito aconselhável, pois esse tipo de procedimento faz com que você perca a garantia do seu smartphone.

Além disso, o processo de rootear o seu smartphone pode deixa-lo vulnerável a diversas coisas maliciosas, como:

  • Vírus
  • Trojans
  • Hackers
  • Sites e aplicativos maliciosos

Sem contar que, ao fazer um rooteamento que por algum motivo não dê certo, você poderá estar levando o seu aparelho a inutilidade. E como o mesmo não estará mais na sua garantia, você sairia na pior.

Apesar disso, alguns aplicativos só podem ser desinstalados por meio do root ou de outros processos mais complicados e não recomendados.

Mas no fim das contas, a escolha de como tentar desinstalar os aplicativos vai da comodidade para a pessoa.

O importante é ter todas as informações necessárias de como proceder na desinstalação, senão você pode acabar por fazer algo errado que só irá lhe trazer mais estresse e dor de cabeça.

O mais indicado é seguir realmente o passo a passo que iremos ensinar agora. Nesse você não estará correndo nenhum tipo de risco, e a não ser que desinstale algum aplicativo essencial para o funcionamento do sistema o seu smartphone estará seguro.

Só com este método nós podemos lhe garantir uma maior segurança no processo de exclusão do app, além de não promover uma possível frustração por não conseguir concluir com sucesso todo o procedimento.

Desinstalando aplicativos administradores: passo a passo

É tudo muito simples de ser feito, você deverá apenas se certificar de que está executando cada passo de forma correta, assim não ocorrerá nenhum problema indesejado.

Também pedimos que você procure saber o grau de importância do aplicativo a ser excluído – se o mesmo já tiver vindo instalado no seu smartphone.

Esse fator é tão importante quanto qualquer outro. Caso desinstale algum aplicativo essencial, poderá prejudicar o funcionamento do seu aparelho, e na pior das hipóteses deixar o mesmo inutilizável.

Seguimos agora com o passo a passo:

Passo 1 - Acesso as configurações de aplicativos do seu smartphone

Para conseguir desinstalar um aplicativo desse tipo, você deverá estar com total acesso a todas as configurações de aplicações do seu smartphone.

Então, para conseguir esse acesso vá até as configurações de sistema do seu smartphone, geralmente nomeado como “Configurações”, que é o mais comum, ou em alguns casos como “Ajustes”.

Estando nesta área, é hora de você começar a procurar a aba de “Segurança”, que a depender do aparelho estará na área mais abaixo da lista ou junto com todas as abas de configuração de sistema e bloqueio de tela - Privacidade.

Clique na aba:

Como pode ver, nessa área nós temos a grande parte – senão todas – as opções de configuração de segurança do seu smartphone.
Após clicar nessa aba, deve-se ir para a opção “Administração do Dispositivo”.

Saiba que é dentro dos “Administradores de dispositivos” que será possível encontrarmos a lista com todos os aplicativos que são privilegiados e não temos acesso facilmente aos mesmos, estando trabalhando como administradores do sistema.

Um exemplo bastante comum e bastante conhecido de aplicativo administrador é o AirDroid.

Passo 2 - Desabilitando as permissões de administrativo dos aplicativos

Como você já estará dentro da aba dos administradores todos os aplicativos irão sendo mostrados para você.

A partir daí o que deverá ser feito por ti é procurar, nesta grande lista, o aplicativo que deseja desinstalar, ou melhor, se livrar de vez.

Assim que conseguir encontrar, você deverá tentar desmarcar a caixinha de seleção – provavelmente marcada do aplicativo.

Um pop-up de confirmação irá aparecer para você, com os seguintes dizeres: “Esse administrador está ativo e permite que o aplicativo ***** realize as seguintes operações:”

Com uma lista logo abaixo do que o aplicativo está autorizado a fazer como administrador.

Você então irá confirmar que deseja sim, desabilitar o aplicativo da função de administrador.

Assim que tiver terminado de fazer esse processo, o aplicativo deixará de possuir um acesso restrito ao administrador e poderá ser facilmente alterado por você. Isso sem que haja a necessidade de usar mais nenhum tipo de procedimento rigoroso para esta ação.

Também é possível que dê uma mensagem de erro no processo, como: “Infelizmente, o processo com. android. settigns parou”.

Nesse caso você deverá reiniciar o seu aparelho e tentar novamente.

Passo 3 - Desinstalando o aplicativo

Nesse último passo, você irá fazer aquele processo já muito bem conhecido e ainda mais fácil de realizar: desinstalar o aplicativo.

Processo esse que será ainda mais satisfatório por finalmente se livrar daquele aplicativo chato.

Caso tenha feito tudo do modo correto, sem cometer nenhum erro que comprometa o processo de desinstalação, já poderemos excluir de vez o aplicativo a partir desse momento.

Para isso, três cliques serão o suficiente para concluir a tarefa.

Primeiramente, basta acessar a aba de “Aplicativos” ainda nas Configurações.

Desinstalando o aplicativo

Como já deverá imaginar, é nessa aba que encontra a lista com todos os aplicativos do seu smartphone.

A partir daí é só procurar o aplicativo desejado e desinstalar o mesmo.

Comece apagando todos os dados desse aplicativo, para que não sobrem resquícios que enchem a sua memória. Depois disso, siga com a desinstalação normal.

Desinstalando o aplicativo

Pronto, a partir de agora a sua dor de cabeça acaba de chegar ao fim, pois o aplicativo que estava te causando algum transtorno acabou de ser removido.

Por que não consigo desinstalar alguns aplicativos?

Com o procedimento ensinado anteriormente, o mais provável é que você já poderá conquistar o poder de desinstalar várias aplicações indesejadas que estão no seu smartphone.

Porém, pode ser que ainda existam algumas que teimam. Provavelmente essas aplicações não serão possíveis de remover tão facilmente, pois o aparelho já veio da fábrica com eles instalado no sistema operacional.

Portanto, é certeza de que serão mais difíceis de excluí-los.

Alguns aplicativos nós temos certeza de que não poderão ser desinstalados por meio desse procedimento. Como praticamente toda a linha de aplicativos Google que já vem no seu Sistema operacional: Google Maps, G+, Play Games, Play Videos, Play Banca, Google Services entre outros.

O máximo que poderíamos fazer seria apagar os dados e cache do mesmo, para liberar alguma memória que eles estejam usando, além de desativá-lo, claro. Esse também é o máximo recomendado para se fazer com esses aplicativos.

E o motivo é bem simples: mesmo que eles não sejam utilizados por você, foram adicionados visando o máximo de utilização. Sendo assim, você já deve ter visto jogos e alguns aplicativos que só se deixam ser utilizados com a presença e atualização do Google Play Games.

Há também funções que pedem a atualização do Google Play Services. Então, o recomendável geralmente é no máximo apagar os seus dados, restaurar para a versão de fábrica e desabilitar o mesmo.

Todo esse procedimento poderá ser feito apenas na aba de desinstalação de aplicativo.

Porém, caso realmente não queira sequer ter esses aplicativos desabilitados em seu smartphone, seja isso por qualquer motivo, tem que estar disposto a ter um pouco mais de trabalho.

É claro, não há apenas uma única forma de ter o acesso a eles e retira-los do sistema operacional, mas existem as técnicas que são mais utilizadas.

Apesar de existir os vários possíveis problemas que já falamos anteriormente, nesse caso o método mais utilizado é realizar um root. Isso porque costuma ser mais simples, rápido e prático.

Porém é bom deixar bem claro que nem sempre o que é simples e prático para você irá fazer realmente bem ao seu smartphone.

Ressaltamos que ao realizar um root mal feito poderá está deixando o seu aparelho pronto ou perto da inutilização.

Mas então, o que fazer quando não conseguir desinstalar por esse método?

Então, já que vimos que sim, existem diversos possíveis erros que podem acarretar em um aparelho inutilizado ao fazer o root, o melhor que você poderá fazer para se livrar de uma vez desses aplicativos, é contratar os serviços de algum profissional.

Apenas desse modo poderemos ter a certeza de que os riscos de levar o seu aparelho a inutilização são praticamente zerados. E o melhor de tudo é: caso nunca tenha tentado realizar um root, a garantia do seu smartphone estará intacta.

Isso significa que mesmo procurando um profissional, a depender da marca e da assistência técnica da mesma, você não irá pagar um centavo sequer nesse tipo de procedimento.

Vale lembrar que a depender do aplicativo, os profissionais de assistência técnica não poderão desinstalar do seu aparelho. Isso pelos motivos já ditos acima sobre as aplicações essenciais para o bom funcionamento do aparelho.

Mas caso o seu smartphone já tenha perdido a sua garantia por fatores como tempo ultrapassado, tentativa de realização de root ou outros acidentes que acarretam na perca de garantia, o melhor seria procurar outros profissionais autorizados para a manutenção e conserto de smartphones.

Vale lembrar que é altamente desaconselhável entregar o seu aparelho em mãos duvidosas, como pessoas que se dizem profissionais ou “lojas” suspeitas.

Uma pessoa que não possui qualificação para trabalhar com smartphones poderá fazer algo até pior do que você faria se tentasse sozinho.

Então por isso, só entregue o seu aparelho em lojas confiáveis e com autorização para exercer a sua determinada função, visando o melhor para si mesmo e para o seu querido aparelho celular.

Comentários