Veja como evitar perda ou roubo de Smartphone utilizando aplicativos

Por Ismaellx Sexta-feira, 06 de Outubro de 2017

Segurança smartphone

Quem já passou pelo transtorno de perder ou ter seu smartphone furtado sabe o quanto é importante proteger os dados do aparelho. Ter as informações pessoais (arquivos, e-mails, fotos, vídeos) expostos a um estranho, pode ser uma dor de cabeça sem precedentes na vida das pessoas.

Para evitar isso, existem várias dicas que experts dão a fim de que, em primeiro lugar, não aconteça à perda ou furto do aparelho, e em segundo lugar, caso aconteça o problema, quem o pegou não tenha acesso a seu conteúdo.

As notícias de crescimento de furtos e roubos de smartphones são cada vez mais comuns. Afinal, muitos deles são caros e alvo da cobiça dos ladrões, que podem simplesmente utilizá-lo para uso próprio ou vendê-lo no mercado negro de celulares. Outro destino desses aparelhos é a desmontagem e venda de peças.

Mas e quando alguém tem também acesso aos dados que estão na memória ou no cartão SIM do celular? O prejuízo pode ser ainda maior, caso haja arquivos com descrição de senhas, aplicativos com entrada automática e vazamento de fotos e vídeos que podem ser usados de forma a expor a pessoa a constrangimentos.

Utilize aplicativos para prevenção de roubo ou perda

Uma das soluções deve ser dificultar a vida dos ladrões, impedindo-os de roubar as informações pessoais do proprietário. Existem várias formas para isso, entre elas:

Droid Protector

Droid Protector

Droid Protector é um aplicativo de segurança com o qual o acesso a qualquer app instalado no celular pode ser restringido. É possível prevenir incidentes colocando senhas em pastas, como por exemplo. Assim, é possível evitar que pessoas não autorizadas mexam nas fotos ou mensagens do seu celular.

Comodo Mobile Security

Comodo Mobile Security

O aplicativo Comodo Mobile Security oferece proteção contra vírus e scanner on-demand. Ele permite encontrar rapidamente, bloquear e limpar o dispositivo de qualquer lugar do mundo, a qualquer momento. Esse é um dos aplicativos que ao errar a senha de bloqueio, o próprio celular tira uma foto com a câmera frontal e envia para seu email juntamente com o local onde ele se encontra.

Cuidados simples para não perder o celular ou ter ele furtado

  • Existem várias dicas de como prevenir perdas ou roubos do celular. Entre elas:
  • Não desgrudar os olhos do aparelho, ficando com ele por perto sempre;
  • Não deixar o aparelho sobre uma mesa, em bolsas abertas ou expostos em balcões de bares, restaurantes e lanchonetes;
  • Se estiver com ele na mão, não se distrair nunca e segurá-lo com firmeza. Muitos furtos acontecem enquanto se está falando ao telefone;
  • Não tirar o aparelho do bolso ou da mochila em áreas conhecidas por alta incidência de furtos e roubos. Evitar mexer no aparelho em locais perigosos;
  • Fones de ouvido caros e coloridos são um chamariz para bandidos, devendo ser evitados. Se quiser usar fones em locais menos seguros, ter um mais barato de reserva é uma das soluções;
  • No transporte público, redobrar a atenção, pois a aglomeração de pessoas facilita a ação de meliantes que procuram vítimas distraídas para furtar celulares. O ideal é evitar transporte muito cheio;
  • Muitos furtos acontecem em um simples ato de dizer as horas para um estranho na rua. Desconfiar sempre e, com educação, falar que não tem como dizer as horas, especialmente em locais desertos. Este é um ato simples que pode evitar aborrecimentos;
  • Bloquear a tela do aparelho sempre, pois isto dificulta o acesso às informações de contato armazenadas no chip e no cartão de memória do celular;
  • Registrar o aparelho na operadora. Assim que ele for perdido ou roubado, entrar em contato com ela para que cancele o chip ou bloqueie o aparelho. Geralmente, cada celular tem uma tecnologia diferente e cada operadora tem uma política. Se conseguir bloquear o aparelho, ele não será útil para o ladrão, mesmo se ele trocar o chip.

Outra dica é guardar os detalhes do aparelho caso aconteça uma perda ou roubo. Fazer um registro de todas as informações do aparelho e guardá-lo em um local seguro facilita na hora de tentar recuperá-lo. Alguns dados importantes:

  • O número do telefone;
  • O fabricante e o modelo;
  • A cor do aparelho e detalhes visuais;
  • O PIN ou o código de desbloqueio;
  • O número IMEI (para celulares GSM), pois algumas operadoras são capazes de desativar o aparelho através do uso do número.

Além disso, criar uma marca de segurança ajuda na hora de identificá-lo em caso de perda ou roubo. Se possível, colocar uma etiqueta com alguma informação de contato, como um número de telefone alternativo ou um endereço de e-mail, para que a pessoa que o encontrar possa entrar em contato.

Caso o aparelho seja encontrado ou recuperado pela Polícia, é preciso ter em mãos o boletim de ocorrência para provar que é dono dele. Se o usuário contratou um seguro, o boletim de ocorrência ajudará a provar a perda ou roubo, garantindo os direitos e o recebimento de outro aparelho.

Normalmente, os códigos de desbloqueio padrão dos aparelhos são 1234 ou 0000. É bom nunca deixar o código padrão no celular, pois ele não é seguro e afinal de contas criar uma senha de quatro números de fácil memorização é simples e rápido.

Quem possui um iPhone pode instalar o aplicativo Buscar meu iPhone para tentar recuperá-lo. Os aparelhos com Android também tem funções básicas que ajudam a encontrar, bloquear, limpar conteúdos e contatos remotamente.

Os aparelhos com sistema operacional Windows Phone também podem ser rastreados e bloqueados através da internet. Em alguns casos, é possível acessar os arquivos do celular remotamente através do computador para fazer um backup antes de bloquear o aparelho.

A operadora pode não ser capaz de rastrear o aparelho, mas ela pode bloqueá-lo. Assim que for roubado, entrar em contato com a operadora para bloquear o chip ou aparelho em si.

Enfim, as maneiras de se prevenir contra perdas e roubos são muitas, bastando ao usuário gastar um tempinho para configurar seu aparelho, protegê-lo com senhas e instalar aplicativos que o ajudem a recuperá-lo.

Comentários